Reposição do modo grego - rearmonização
Compre%20Seu%20Viol%C3%A3o%20Online%20da%20Takamine.jpg

O que é troca do modo helênico

Substituir o modo heleno é utilizar acordes outro modo heleno dos acordes originais (quer dizer, é mudar tonalidade da música).

Citando caso análogo, digamos que uma música esteja na tonalidade Mi menor (Mi Eólico). Poucos acordes que poderiam figurar dessa música são Em, G, Am, Bm, C, etc. Toda gente pertencentes ao campo harmônico Mi menor (Mi eólio).

Se trocássemos os acordes dessa música acordes que pertencem ao campo harmônico Dó maior, Em, Dm, F, entre muitos outros, e também continuássemos começando música em Mi menor, tonalidade deixaria ser Mi eólio e também passaria ser Mi frígio, porque Mi estaria atuando nessa simetria terceiro grau Dó. Dessarte, estaríamos mudando tonalidade Mi menor Dó maior.

estamos começando em Mi e também supondo que Mi é o acorde solução da música, manifestar que tonalidade é Mi frígio equivale manifestar que precisamos enfatizar notas acorde Mi nas resoluções dos solos, porque música resolve em Mi, sem olvidar que tonalidade é Dó maior.

E também preferir o modo helênico substituir?

Primeiramente, é essencial descobrir que vamos poder preferir nenhum gênero de modo helênico, a começar de que melodia permita. Agora estamos entrando vez nessa questão estudar melodia. Isso vai ficar simples apreender ao vermos o exemplo próximo, ainda na música “Atirei o pau gato”.

As notas da melodia inicial dessa música são: G, F, E também, D, conforme você é possível que registro do Guitar Pro que mostramos anteriormente.

Uma vez que melodia inicial louco à volta G (analise o primeiro e também segundo compassos conferir), vamos poder estrear música com nenhum gênero de acorde que contenha nota G nota acorde. noção é novo e também extremamente essencial trabalharmos rearmonização.

Guarde muito isso: os acordes que formam uma melodia precisam sustar em si as notas dessa melodia. Isso é possível que parecer meio óbvio, porém não é, porque abre posses surpreendentes, veremos em breve.

Nossa música inicia desta forma:

C
Atirei o pau gato – to

Como desejamos mudar o modo heleno, optar o modo mixolídio testar teoria. tonalidade dessa música permitir logo ser Dó jônico e também passar ser Dó mixolídio. Em outras palavras, o campo harmônico da música vai passar ser Fá maior, e também Dó será, dessarte, o quinto grau (V7) desse campina.

Deste modo, iniciamos com:

C7
Atirei o pau gato – to

Vamos poder fazer isso? Vamos poder, porque melodia desse trecho está na nota Sol, e também Sol pertence ao acorde C7 (é quinta C7). Portanto prosseguir. Vamos poder meditar em colocar o acorde Fá logo após tampar uma ritmo V – I (C7 – F), deste modo:

C7 F
Atirei o pau gato – to

Porém temos um impecilho aí! melodia nesse trecho ainda está em Sol, e também o acorde Fá não tem nota Sol! contornar obstáculo? Bom, vamos poder acrescer extensão 9ª ao acorde Fá (porque nona Fá é nota Sol). Legítimo, logo ficamos com:

C7 Fadd9
Atirei o pau gato – to

*Acorde Fadd9:

melodia do próximo trecho “Porém o gato-to…” está na nota Fá. Vamos poder meditar em colocar o acorde Bb cá (porque nota Fá é quinta pugna Bb. Aliás, Bb pertence ao campo harmônico Fá maior, conforme desejamos). Resultado:

C7 Fadd9
Atirei o pau gato – to

Bb

Porém o gato – to

melodia agora nota Mi em “não morreu-reu-reu”. O acorde F7M contém nota Mi (é sétima maior Fá). Portanto é uma boa pedida fazer:

C7 Fadd9
Atirei o pau gato – to

Bb

Porém o gato – to

F7M

Não Morreu – reu – reu

Não precisamos substituir o próximo acorde, que é Dm7, porque Dm7 pertence ao campina Fá maior e também melodia nesse trecho está em Lá (que é quinta luta Ré). Portanto ficamos com:

F7M

Não Morreu – reu – reu

Dm7

Dona Chica – ca

melodia agora Sol trecho “Admirou-se-se…”. Vamos poder colocar o acorde Am7, que pertence ao plaino Fá e também contém nota Sol na sua estrutura (Sol é sétima menor Lá).

F7M

Não Morreu – reu – reu

Dm7

Dona Chica – ca

Am7

Admirou-se – se

próximo trecho (“do clamor…”), melodia nota Sol, portanto nada impede que coloquemos o acorde Gm (que também pertence ao torrão Fá maior).

Dm7

Dona Chica – ca

Am7

Admirou-se – se

Gm

Do clamor

, agora música termina com nota Dó. Portanto finalizar com o acorde Fadd9, porque nota Dó é quinta combate Fadd9.

Nossa rearmonização final ficou:

C7 Fadd9

Atirei o pau gato – to

Bb

Porém o gato – to

F7M

Não Morreu – reu – reu

Dm7

Dona Chica – ca

Am7

Admirou-se – se

Gm

Do brado

Fadd9

Do clamor que o gato deu: Miau !

Ouça: rearmonização3.gpro

Repare que conseguimos rearmonizar essa música mudando o modo helênico Dó jônico Dó mixolídio. Poderíamos tentar fazer o modos; porém, é necessário determinar se melodia permitiria isso.

Não poderíamos filosofar, a título de exemplo, em converter essa música Dó dórico, frígio, eólio nem lócrio, porque nesses modos o Dó é menor (cobija uma terça menor), sendo que melodia está mostrando pela nota Mi, que é terça maior Dó. Reparou é essencial meditar continuamente na melodia?

É nesse marca que o músico inicia distinguir raiz da coisa, que os acordes só existem seguir uma melodia principal. Tudo demente à roda disso!

Bastante muito, continuaremos nosso estudo na secção 4 (modulações e também acordes empréstimo modal)!

Ir : Rearmonização com AEM

Regressar : Menu Módulo 11

Veja nosso site: https://viajandoemfamiliablog.wordpress.com/

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License