Rearmonização com modulações e também acordes empréstimo modal
Rearmoniza%C3%A7%C3%A3o%20com%20modula%C3%A7%C3%B5es%20e%20tamb%C3%A9m%20acordes%20%20empr%C3%A9stimo%20modal.png

Agora que já exploramos o noção troca do modo heleno, iremos progredir os três últimos itens que mencionamos rearmonização: utilização cadências, modulações e também acordes empréstimo modal (AEM). Iremos abordar primeiro modulações e também AEM, logo finalizar o estudo com as cadências.

teoria que utilizaremos as modulações e também AEM será mesma teoria que aplicamos na reposição do modo helênico: meditar na melodia.

Portanto lá:

Já sabemos que melodia inicial está na nota Sol. Essa nota é terça maior do acorde Eb7M. Logo isso significa que vamos poder utilizar Eb7M debutar essa música! Viu só concepção melodia e também acordes abre vários horizontes?! Nossa música passou estrear com:

Eb7M

Atirei o pau gato – to

nota Fá é melodia do próximo trecho, vamos poder filosofar acorde Dm7(b5), porque Fá é terça menor Ré. Note também que Dm7(b5) pertence ao campo harmônico Eb, portanto continuamos nessa tonalidade.

Eb7M

Atirei o pau gato – to

Dm7(b5)

Porém o gato – to

próximo trecho, nota da melodia é Mi, logo vamos poder testar colocar o acorde C7M acolá. Daqui na frente de, continuaremos música com acordes da tonalidade Dó maior ( original da música). Isso significa que fizemos uma modulação! Passamos da tonalidade Eb7M Dó maior.

melodia deixou isso tranquilamente. Lítico, e também que gênero de modulação foi essa? Foi uma modulação o tom homônimo! Eb7M é relativa maior Dó menor, quer dizer, isso significa que anterior estávamos em Dó menor e também agora fomos Dó maior. Nossa música ficou:

Eb7M

Atirei o pau gato – to

Dm7(b5)

Porém o gato – to

C7M–> modulação

Não Morreu – reu – reu

F

Dona Chica – ca

Em7

Admirou-se – se

G7

Do brado

C7M

Do brado que o gato deu: Miau !

Bastante muito, colocar agora um AEM nessa jogada. melodia trecho “Dona Chica-ca” está na nota Lá. Essa nota é terça menor do acorde F#m7(b5), portanto vamos poder utilizar acorde. música ficaria:

Eb7M

Atirei o pau gato – to

Dm7(b5)

Porém o gato – to

C7M–> modulação

Não Morreu – reu – reu

F#m7(b5) –>AEM

Dona Chica – ca

Em7

Admirou-se – se

G7

Do brado

C7M

Do grito que o gato deu: Miau !

Ouça: rearmonização4.gpro

Ok, e também se alguém perguntasse: “ onde veio o acorde F#m7(b5)? Por fim, acorde não faz uma parte do campo harmônico Dó maior”. Nossa resposta poderia ser: Este é um acorde empréstimo modal do modo lídio!

Explicação: F#m7(b5) pertence ao campo harmônico Sol maior. Isso equivale expressar que F#m7(b5) pertence ao campo harmônico Dó lídio. Desta maneira, acorde está sendo emprestado desse modo.

Bastante muito, já incluímos modulação e também AEM nessa música. Agora é hora finalizarmos tópico acrescentando cadências nessa rearmonização que fizemos! Acompanhe isso na secção 5 desse tópico!

Ir : Módulo 12

Regressar : Descomplicando Música

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License