Ritmo - teoria | Teoria Musical
Ritmo%20-%20teoria%20Teoria%20Musical.jpg

Nesse tópico iremos aprender teoria que existe trás do ritmo musical. Apesar do ritmo ser um fator extrema relevância nenhum gênero de músico, enorme maior parte completa deixando lado estudo, porque pensa que ritmo é uma coisa inata do criatura: “ nasce ritmado não precisa praticar ritmo, isso é tarefa somente possui dificuldades nesse quesito”.

Bom, saiba que essa avaliação está completamente equivocada!

Nenhum gênero de músico precisa estudar e também praticar ritmo, exatamente a mesma forma que precisa praticar nenhum gênero de outra técnica, porque o ritmo também é possível que ser correcto e também desenvolvido.

primeira pista ora se desenvolver torrão do ritmo é tocar incessantemente com um metrônomo ao lado. utiliza metrônomo nos treinos técnica é tal e como se tivesse um general militar ao lado dizendo: “Não saia do curso!”. Isso faz o músico desenvolver não só precisão, porém também acentuação, fator bastante essencial nenhum gênero de instrumentista.

Legítimo, porém antes que continuar lendo tópico, recomendamos que você leia o item “tempos na partitura“, porque utilizaremos cá número reduzido de recursos da partitura simbolizar os ritmos, principalmente secção que menciona os compassos.

Bastante muito, nós já aprendemos cláusula partitura o que significa um tempo 4/4: cabem quatro semínimas compasso. Exclusivamente memorizar, veja aquém quantas figuras cabem em um compasso nas representações:

4/4 = Cabem 4 semínimas

4/2 = Cabem 4 mínimas

4/8 = Cabem 4 colcheias

2/4 = Cabem 2 semínimas

3/1 = Cabem 3 semibreves

5/32 = Cabem 5 fusas

7/2 = Cabem 7 mínimas

já comentamos, o tempo 4/4 é o mas generalidade ser utilizado nas músicas. Nesse tempo, você consegue fazer uma escrutinação, ritmo da música, 1 até 4, recomeçando enumeração mais uma vez, sem que haja descasamento com melodia.

Observe, eg, música Rolling in the Deep:

gretar dos 00:23 dessa música, enquanto entra o zabumba da bateria marcando o tempo: “bum”, “bum, “bum, “bum”, você fazer uma escrutinação 1 até 4 e também reencetar mais uma vez, acompanhando os “bum” da bateria da seguinte forma:

Observe que há um consórcio perfeito dessa escrutinação com melodia. Isso significa que essa música está tempo 4/4.

o tempo 4/4 é o mas praticado, extensa secção dos músicos se sentem desconfortáveis ao se depararem com músicas “quebradas”, que não estão curso 4/4.

A título de exemplo, observe introdução da música Dreaming Awake, da filarmónica metal progressivo sueca Harmony:

Assim que estrear música, fazer mesma escrutinação que fizemos música anterior. Dessa vez, caixa da bateria é nos ajudar marcar o tempo. Faça uma enumeração (1, 2, 3, 4) tal forma que primeira batida da caixa esteja número 3, quer dizer, enquanto música debutar, você já inicia racontar numa aceleramento tal que o número 3 caia em cima da primeira batida da caixa da bateria. Essa será nossa brevidade descrição essa música. Conte até 4 e também recomece enumeração, tal-qualmente que você fez na música anterior.

Reparou que música não se encaixa muito com essa escrutinação? guitarra está fazendo um riff repetitivo, porém riff não está se encaixando muito com nossa descrição, porque enquanto chegamos número 4 e também recomeçamos escrutinação, música está num sinal dissemelhante, desmazelado. Isso acontece porque introdução dessa música não está tempo 4/4, e também sim 7/4.

Porém vamos poder desvendar que ela está tempo 7/4? Bom, repita mesma escrutinação que você fazendo, na mesma aceleramento, porém em vez racontar só até 4, conte até 7 e também depois recomece. Viu agora tudo se encaixou? O riff da guitarra acompanha descrição até 7 depois reiniciar.

Obs: Nossa estudo dessa música se focou exclusivamente na primeira secção da introdução, porque em realidade, introdução completa inicia com 3 compassos tempo 7/4 e também depois faz um compasso tempo 8/4. último compasso também é possível que ser visto 2 compassos 4/4 consecutivos. Tal-qualmente, os primeiros compassos que vimos (7/4) podem ser vistos uma soma um compasso 3/4 com um compasso 4/4. Preferimos olhar esses compassos cá 7/4 e também 8/4 fazer uma referência à nossa descrição e também permanecer mas simples seguir.

Já enquanto o vocalista inicia trovar, o tempo da música passa ser 4/4. Repare essa música não sustenta o tempo, porém alterna entre tempos 7/4 e também 4/4. Essa situação não é geral nas músicas populares. Desse modo é interessante pegar músicas com tempos complexos praticar e também perder o vício só se sentir confortável com músicas 4/4.

mas um exemplo agora tempo 3/4, música “Este é exaltado”:

Confira escrutinação aquém, ritmo que companha letra da música:

Bastante muito, agora que já aprendemos identificar esses tempos ímpares, tende observar, manobra, que música Take Five, tocada pelo quarteto jazz Dave Brubeck, está compasso 5/4:

Uma orquestra que merece prol nesse sentido muitas músicas com tempos “quebrados” é orquestra canadense Rush, que influenciou uma boa parte do corte Rock/Metal adicionar tempos complexos nas suas composições ( eg, virtuosa margem americana Dream Theater).

estudar assuntos relacionados ritmo, é fundamental que você saiba estudar com metrônomo. Preparamos um vídeo explicar isso com particularidades:

Daremos uma prolongação estudo ritmo tópico Borrasca. aprender ler os tempos uma partitura fluentemente, com exemplos práticos em videoaulas, clique cá.

Ir : Exercícios ritmo

Retornar : Menu Módulo 12

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License